Matões:... "separar os homens dos meninos"


Muitas expectativas cercou as eleições estaduais deste ano em Matões. Passada as eleições municipais de 2016 o grupo de oposição ficou bastante eufórico com o resultado, enfrentando o governo municipal e do estado, pois conseguir tirar 47% não seria nada mal.

Após esse feito a oposição relatava que seria questão de tempo para chegar a Prefeitura Municipal. Os mesmos oposicionistas gritavam aos quatro cantos da cidade que a eleição de 2018 para o estado iria separar os “homens dos meninos”, ou no mínimo, “igualar os homens”.

Corria na cidade que o prefeito Ferdinando Coutinho (PSB) por não ser adepto de algumas práticas comuns de prefeitos de cidades pequenas, por não ter tanto “tino político” não conseguiria garantir uma boa votação para seus candidatos. Entende-se que pelo fato de muitos falarem que obra não é tão importante na conquista de votos e, sim, distribuição de cargos, mas aí faltou combinar com o povo.

Este editor chama a atenção de todos, especialmente para esse fato: obras/cargos. Esta eleição mostrou o que o prefeito sinalizou desde o primeiro dia de gestão “o foco será obras e não cooptação de lideranças em trocas de cargos”.

A eleição deste ano como citamos separou os homens dos meninos, já diziam os oposicionistas mais afoitos. Ferdinando e Rubens Pereira mostraram que para se ter expressivas votações não é necessária outra coisa, se não, serviços prestados, em meio a uma crise que assola o Brasil e sem poder contratar pessoas.

Rubão e Ferdinando conseguiram dar a volta por cima depois do ano 2017 ser bem difícil financeiramente e com um processo natural de consolidação do governo Ferdinando e aumentaram as votações de Dra. Cleide Coutinho e Rubens Pereira Junior.

Para a oposição as eleições deste ano seria o termômetro para 2020 nas eleições municipais. Para alguns ou boa parte do grupo, os candidatos apoiados pelo grupo de oposição teriam uma votação maior que os candidatos governistas, mas ao abrir as urnas, para a surpresa de muitos Dra. Cleide e Rubens Junior com mais de 50% dos votos a mais que Paulo Marinho Júnior e Zé Gentil.

Para a oposição que falava que essa eleição seria o termômetro para 2020 e que iria separar os homens dos meninos quem é você para falar o contrário?  

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Postagens mais visitadas